Porquê participar?

As equipas e organizações são cada vez mais solicitadas a colaborar à distância na medida em que a inter-conectividade atual permite realizar conversas, reuniões, cursos e outros processos pela via digital, originando:

1. Poupança de recursos preciosos ao planeta, às organizações e às pessoas;

2. Encurtar de distâncias geográficas; 

3. Inclusão de pessoas e estabelecimento de parcerias independentemente da sua localização mais periférica.

A Facilitação Online oferece enormes possibilidades para impulsionar a colaboração, bem como desafios específicos que exigem novas competências. Para ajudar a superar estes desafios e aproveitar estas potencialidades, este curso fornece os fundamentos e um conjunto de abordagens práticas que realmente funcionam e garantem ganhos imediatos extraordinários.

Este curso é fundamental para profissionais que lideram equipas em empresas e instituições e/ou trabalham em ambientes multi-stakeholders, consultores, facilitadores, educadores, líderes de associações e outras organizações da sociedade civil, que desejam elevar o seu trabalho colaborativo a um nível superior de eficácia e eficiência, mantendo qualidades humanas de conexão e relacionamentos profissionais saudáveis.

O que oferecemos?

  • Tecnologia

    Introdução às tecnologias que permitem poupar recursos, encurtar distâncias e fomentar a colaboração ágil, integrada e criativa necessária para co-criar e desenhar iniciativas e projetos com impacto.

  • Prática

    Através de sessões online participativas, iremos experimentar as tecnologias e os métodos colaborativos que permitem realizar conversas online relevantes e que estimulam a conexão.

  • Facilitação

    Ao longo das 4 sessões online iremos introduzir metodologias e métodos que promovem escuta e diálogo geradores, fomentam a criatividade e a inovação, estimulam a sabedoria coletiva e asseguram a colheita de resultados de uma forma colaborativa e imediata.

A quem serve este curso?

Este curso é para si se tem interesse em:

  • Conhecer os fundamentos e práticas para trabalho colaborativo à distância

  • Conduzir reuniões, eventos e outros processos colaborativos online com maior eficiência e eficácia

  • Transformar processos colaborativos online em momentos envolventes que estimulam a conexão e relacionamentos profissionais de proximidade

  • Desenvolver as competências necessárias de facilitação online

  • Contactar com diversas abordagens e métodos que suportam e enriquecem os processos colaborativos online

  • Explorar ferramentas que permitem colher resultados que suportam a colaboração online

DATAS: 

28 de Janeiro; 4, 11 e 18 de Fevereiro,

HORÁRIOS: 

12:30 - 15:30 (São Paulo - Brasil)

13:30 - 16:30 (Cabo Verde) 

14:30 - 17:30 (Lisboa - Portugal, Guiné Bissau) 

15:30 - 18:30 (Luanda - Angola, São Tomé e Príncipe, Espanha) 

16:30 - 19:30 (Maputo - Moçambique)

Prático porque iremos passar pela experiência de facilitação online experimentando ferramentas e práticas específicas que sustentam a colaboração online com impacto.

Visionário porque iremos explorar novas possibilidades e aumentar o nosso potencial de conexão e colaboração através de meios digitais. 

Com este curso, irá aprender os fundamentos conceptuais e práticos e algumas abordagens e métodos para facilitar a colaboração por meio digital. 

Iremos usar uma variedade de formatos participativos - não apenas como métodos, mas como abordagens fundamentais de envolvimento coletivo.

Vamos familiarizarmo-nos com a tecnologia de interação online e explorar como promover a presença e conexão necessárias para aceder à sabedoria coletiva - como a postura básica a partir da qual facilitamos.

Sessão 1 - Convite à presença

Como convidar um colectivo a estar presente

Ferramentas práticas para usar em qualquer contexto

Sessão 2 - Anfitriar uma nova cultura de tecnologia

A tecnologia ao serviço das pessoas e das organizações, da inovação e de melhores respostas aos desafios atuais

Aceder à sabedoria dos lugares e do planeta 

Sessão 3 - Desenhar para prática participativa online

Como planear sessões colaborativas: elementos para desenho participativo tais como world café, open space technology, circle way, proaction café...

Sessão 4 -  Dançar com a tecnologia 

Como preparar antecipadamente.

Como montar processos online com o zoom (grande grupo e trabalho em pequenos grupos), com grupos de facebook, parte tecnológica).

Facilitadores

  • Nuno Da Silva

    Nuno Da Silva

    Facilitador

    Um Economista "recuperado", Nuno é um explorador de práticas emergentes para abordar contextos complexos, incertos e voláteis. Ele desenha, facilita e ensina abordagens colaborativas, participativas e experienciais para aprender tanto quanto desaprender. Como um explorador de práticas incorporadas para lidar com processos vivos, o seu trabalho é uma intrincada combinação de Prática Reflexiva Social guiada por Allan Kaplan e Sue Davidoff, O Trabalho que Reconecta de Joanna Macy, Ecologia Profunda, Teoria U de Otto Scharmer, Process Work de Arnold e Amy Mindell, Pedagogia do Oprimido por Paulo Freire e Teatro do Oprimido por Augusto Boal, Art of Hosting, Deep Democracy, Sociocracia 3.0, Dragon Dreaming, Cidades em Transição, Permacultura e Regeneração Ecológica e Cultural. Ele desenhou e dirigiu cursos de formação, experiências educativas e processos colaborativos para várias organizações e instituições internacionais, como o Centro Europeu para a Interdependência Global e Solidariedade, a Fundação Ásia Europa, o Fórum Europeu da Juventude, O Fórum Latino-americano de Juventude, o Conselho Nacional de Juventude, entre outros. Trabalhou durante quatro anos com o Banco Mundial e o Ministério da Educação de Timor-Leste em Programas de Educação de Adultos e Ensino Recorrente. Além do seu trabalho como Curador na The Emergence Network, ele é co-criador do RIPPLES of the New eXperiment; membro da Comunidade de Empreendedores Evolucionários "João Sem Medo"; membro fundador da FESCOOP - a primeira cooperativa de finanças éticas em Portugal, formador do hub Português da Rede de Transição e colaborador da Rede Global de Transição, membro da Bolsa de Formadores da Plataforma Portuguesa de ONGDs e da Bolsa de Formadores do Conselho da Europa e catalisador do grupo Europeu e GLobal da Prática Social Reflexiva da Proteus Initiative . Ele gosta de construir pontes entre idéias, práticas, lugares, pessoas, os centros e as periferias e está a experimentar trabalhar sem uma categoria profissional. Trabalhou em quatro continentes e actualmente vive em Faro, no sul de Portugal, com a sua companheira de vida e os seus filhos gémeos de 3,5 anos. Juntos, eles aspiram a viver em comunidade e fazer parte de experiências regenerativas que nutram os ecossistemas.
  • Allan Sousa

    Allan Sousa

    Facilitador

    Trabalhou vários anos como Engenheiro Civil na área de pontes e estruturas especiais em Portugal, Bélgica e Holanda.Em 2008 iniciou a sua jornada de transição interior e percebeu podia ser co-criador da sua própria realidade e construir um percurso autêntico. Acredita que todos podemos impactar o mundo quando temos a coragem de operar interiormente com honestidade, sentido e propósito. Desde 2008 que começou a aprender, a praticar e a facilitar processos de desenvolvimento humano (coaching, yoga, reiki, meditação mindfulness, comunicação não violenta, breathwork e muitas outras). Descobriu que este processos individuais são cr